Escolha do tênis é muito importante

Segundo estimativa da Federação Paulista de Atletismo, todos os anos, no estado de São Paulo, acontecem 250 provas de corrida de rua.

Benefícios além do corpo perfeito

O esporte agrada públicos que buscam diferentes resultados: perder peso e ganhar massa muscular, melhorar o condicionamento físico, diminuir o estresse do dia-a-dia, controlar a pressão arterial e o diabetes, melhorar a postura, reduzir o colesterol, além de fazer novos amigos ou até mesmo fechar negócios.

Primeiro passo: avaliação médica e física

Ao iniciar qualquer tipo de esporte é fundamental realizar uma avaliação médica e física para conferir como anda o funcionamento do corpo, além de garantir que os exercícios sejam executados num ritmo seguro e saudável.

Nuno Cobra: corrida em três estágios

O candidato a corredor precisa da orientação de um professor de educação física, que montará um treino adequado às necessidades e objetivos. Segundo o preparador físico e mental Nuno Cobra, os iniciantes devem tentar uma adaptação sempre a partir de um ritmo leve a moderado, de acordo com seu momento cardiovascular. Ele sugere uma corrida em três estágios, veja:

1º) Caminhada

2º) “Corrinhar” – aquela caminhada no seu limite máximo, mas sem correr, que para muitos é um constragimento, por causa do rebolado

3º) Corrida – por fim a corrida propriamente dita. Enfim, com o tempo, aumentar, gradativamente, a duração e a intensidade dos treinos, até estarem aptos para realizar uma corrida de forma segura e agradável.

Caminhar e trotar

O professor de educação física Renato Miranda sugere alternar caminhar e trotar, mas sempre com orientação de um profissional, antes de ir para a corrida propriamente dita.

Trajeto

“É importante conhecer, antecipadamente, o percurso em que será feita a caminhada ou a corrida. Prestar atenção às curvas, buracos, movimento de pedestres e carros. Antes e depois de qualquer competição, ou treino, é essencial o chamado “aquecimento”; alongar e, principalmente, aquecer a musculatura evita lesões durante o exercício; além de ser uma ótima maneira de relaxar”, ressalta o professor de corrida Samuel Ferraz.

15 dicas importantes para correr de forma saudável

1ª) Uma boa noite de sono faz a diferença. Durma entre seis a oitos horas;

2ª) Descanse entre os treinos. O corpo precisa de tempo para se recuperar;

3ª) No máximo, corra em média três vezes por semana; mas isspo depende também da orientação do seu professor de educação física

4ª) Coma carboidratos – eles são ótimas fontes de energia – sem exagerar;

5ª) A banana é a fruta que não pode faltar na dieta, pois é rica em potássio e pode ajudar a evitar câimbras;

6ª) Durante os treinos, beba água ou isotônicos (estes últimos, especialmente se a duração for prolongada – acima de 1 a 1,5h) e, no decorrer do dia, muito suco de fruta para repor a energia e os minerais perdidos com o suor;

7ª) Use roupas leves: existem camisetas e calções com tecidos especiais que fazem o suor evaporar rapidamente;

8ª) De dia, óculos escuros, protetor solar para o corpo todo, inclusive nos lábios; bonés também podem ajudar;

9ª) À noite, roupas coloridas ou com fitas refletivas coladas;

10ª) Os homens devem usar cuecas confortáveis, mas não largas. Para as mulheres, tops com boa sustentação;

11ª) Em provas de longa distância, para evitar assaduras, aplique vaselina nas axilas, coxas e mamilos.

12ª) A escolha do tênis é muito importante: adquira um número maior que o seu, porque os pés incham durante a corrida;

13ª) Fique longe dos solados planos e finos: o ideal são solas grossas e macias;

14ª) O tênis deve ser leve, confortável e adequado ao seu tipo de pisada: há vários tipos específicos para caminhada ou corrida. Na dúvida, realize o teste da pisada e descubra se você é do tipo que “pisa para fora, para dentro, ou é neutro”;

15ª) Troque o calçado, em média, a cada seis meses.